quinta-feira, 27 de setembro de 2012

IMPORTANTE: quando suspeitar de mau prognóstico da gravidez


Olá, queridas!

Sofri um aborto retido e quem quiser ler o relato sem vasculhar este blog que vos fala, acesse:


Agora minha maior bronca: eu poderia ter sido alertada sobre isso e evitar mais sofrimento… Se tivesse ciente do mau prognóstico da minha gestação, não teria feito sexagem fetal, não teria dado nome à menina, não teria comprado bercinho, balancinho, diversos itens de RN…Não faria tanta ‘festa’ com meus familiares e muito menos com os companheiros de trabalho… Quero q saibam q é possível SIM visualizar o mau prognóstico da gestação no 1º trimestre. E acredito q nos demais também, mas é preciso infelizmente ter SORTE de pegar um médico competente e atento. Vamos lá:

DADOS PARA OS QUAIS OS MÉDICOS DEVERIAM TER ME ALERTADO SOBRE UM MAU PROGNÓSTICO DA GESTAÇÃO...

As análises básicas são essas:


1. Análise do saco gestacional:

A presença de SG de contorno irregular, com ausência do sinal do “duplo saco decidual”, com forma alongada e de implantação baixa (heterotópica), se associam a péssimo prognóstico gestacional. Quando a estes dados adicionamos a presença de hematoma subcoriônico significativo (maior que 50%), poderemos esperar índices de abortamentos superiores a 95%. Outro ponto de fundamental importância é a identificação do SG pequeno para a data. A identificação ultra-sonográfica de SG menor do que o esperado para a idade gestacional, ou de crescimento reduzido em exames seriados, em gestações de 6 a 9 semanas, mesmo com atividade cardioembrionária presente, está associada a um pobre prognóstico gestacional, com índices de abortamento espontâneo superiores a 80%.Por outro lado, a presença de SG de tamanho, e/ou crescimento normais, com batimento cardioembrionário presente, em gestações de 6 a 9 semanas, se associam a bom prognóstico gestacional, com índices de abortamento espontâneo inferiores a 2%.
Obs.: Importante salientar, se pela USTV não podemos identificar o embrião em SG com diâmetro médio maior do que 20 mm, isto é um sinal de péssimo prognóstico gestacional, podendo tratar-se de ovo anembrionado.
MEU CASO: COM 5 SEMANAS E 2 DIAS, MEU SACO GESTACIONAL TINHA 6,4mm (deveria ter em média 10,0 mm), OU SEJA, CRESCIMENTO REDUZIDO.
COM 8 SEMANAS E 2 DIAS, MEU SACO GESTACIONAL TINHA 26,5mm (deveria ter em média 30,0 mm), OU SEJA, CRESCIMENTO REDUZIDO.
SITUAÇÃO: MAU PROGNÓSTICO.
...E NINGUÉM ME ALERTOU!

2. Avaliação do Índice do Saco Gestacional (ISG):
O Índice do Saco Gestacional (ISG) é obtido a partir da diferença entre o diâmetro médio do saco gestacional (dmSG) e o comprimento cabeça-nádegas do embrião (CCN). Trata-se basicamente de indicador matemático relacionado ao crescimento do saco gestacional e ao crescimento do embrião. Deve ser utilizado principalmente em gesta- ções entre 6 a 9 semanas.
A presença de ISG anormal, vale dizer, menor do que 5, está associado a péssimo prognóstico gestacional, com índices de abortamento superiores a 90%. A presença de índice anormal (< 5) mostra importante oligoidrâmnio de primeiro trimestre, o que na maioria das vezes se deve à grave e precoce insuficiência placentária, devido fundamentalmente à síndrome de má adaptação do trofoblasto, ou alguma aneuploidia.
Ao contrário, a presença de ISG normal, ou seja, maior que 5, se associa a bom prognóstico gestacional. 
MEU CASO: COM 5 SEMANAS E 2 DIAS NÃO FOI POSSÍVEL CALCULAR PORQUE NÃO ERA POSSÍVEL VISUALIZAR O EMBRIÃO (NORMAL NESSA ETAPA DA GESTAÇÃO). MAS COM 8 SEMANAS E 2 DIAS, MEU US MOSTROU:
- Diâmetro médio do saco gestacional (dmSG): 26,5mm (ABAIXO DA MÉDIA, busquem no Google)
- Comprimento cabeça-nádegas do embrião (CCN): 16,0 mm (ABAIXO DA MÉDIA, vejam tabela)
- Índice do Saco Gestacional (ISG): 26,5mm - 16,0mm = 10,5 mm
O ISG DEU 'NORMAL',  PORÉM DEVERIAM ATENTAR PARA O FATO DO dmSG e do CCN ESTAREM ABAIXO DA MÉDIA, OU SEJA, AVALIAR SOMENTE O RESULTADO DO CÁLCULO NÃO GARANTE QUE TUDO ESTEJA BEM... O QUE PROVA QUE A AVALIAÇÃO DEVE ESTAR PERFEITA EM T-O-D-O-S OS ITENS DE ANÁLISES BÁSICAS PARA PROGNÓSTICO DA GESTAÇÃO. 
SITUAÇÃO: BOM PROGNÓSTICO. (?????)

3. Avaliação dos batimentos cardioembrionários:
A prova mais precoce de uma gestação viável é quando observamos a presença de atividade cardíaca embrionária. Com o advento da USTV com transdutores de alta freqüência, conseguimos obter facilmente imagens da atividade cardíaca embrionária em épocas bem precoces. Na totalidade dos casos normais, pela via transvaginal, a avaliação do BCE já deve ser feita a partir da 6a semana de gestação (inclusive). A não- visibilização e registro do BCE em gestação maior ou igual a 6 semanas é indicativo de perda gestacional.
Vários autores referem que em embriões normais, a freqüência cardíaca é crescente da 5a semana (82 bpm) até a 9a semana (156 bpm). Em gestações de primeiro trimestre, a presença de bradicardias significantes se associa a elevados índices de perda gestacional.A partir da 6a semana de gestação, o achado de BCE menor que 85 bpm deve alertar para a possibilidade de morte embrionária com abortamento espontâneo.
O achado de BCE de 100 bpm a partir da 7a semana é indicativo de repetição do exame em 1 semana. No caso de observarmos freqüência cardíaca menor ou igual neste novo exame, devemos considerar a possibilidade de 97% para a ocorrência de morte embrionária com sucessivo abortamento. 
MEU CASO: COM 5 SEMANAS E 2 DIAS NÃO FOI POSSÍVEL REGISTRAR OS BATIMENTOS PORQUE NÃO ERA POSSÍVEL VISUALIZAR O EMBRIÃO (NORMAL NESSA ETAPA DA GESTAÇÃO). MAS COM 8 SEMANAS E 2 DIAS, MEU US MOSTROU:
- Frequencia cardíaca: 147 bpm
ATÉ AÍ TUDO NORMAL, O QUE PROVA QUE A AVALIAÇÃO DEVE ESTAR PERFEITA EM T-O-D-O-S OS ITENS DE ANÁLISES BÁSICAS PARA PROGNÓSTICO DA GESTAÇÃO. 
SITUAÇÃO: BOM PROGNÓSTICO. (????)

4. Avaliação da vesícula vitelina:
A vesícula vitelina se torna evidente na USTV a partir de 5 semanas de gestação, medindo neste momento cerca de 4 mm de diâmetro médio. A ausência de vesícula vitelina na USTV, na maioria das vezes, está relacionada a gestações anembrionadas.
Alterações na sua forma (alongada), contorno (irregular), ecotextura (hiperecogenicidade), ou diâmetro podem estar associadas a péssimo prognóstico gestacional, com elevados índices de abortamento espontâneo.
Vesícula vitelina apresentando diâmetro médio menor que 4 mm, ou maior que 10 mm, se associam a prognóstico ovular reservado.
Ferrazi e cols., estudando 845 gestações de primeiro trimestre, verificaram através do acompanhamento do desenvolvimento embrionário pela ultra-sonografia, que a rela- ção entre o volume da vesícula vitelínica e o comprimento-cabeça-nádegas (CCN) encontrava-se aumentada naqueles casos onde ocorreu óbito embrionário. Acreditam que isto deva-se ao acúmulo de substâncias nutritivas que não foram metabolizadas pelo embrião.
Lindsay e cols. utilizaram a USTV para estudar o desenvolvimento da vesícula vitelina em relação ao CCN e a média dos diâmetros do saco gestacional. Neste estudo, verificaram que o diâmetro da vesícula vitelina acima de dois desvios-padrão da média se correlacionou com desenvolvimento anormal do embrião, culminando com abortamentos, anomalias cromossômicas e malformações fetais. 
MEU CASO: COM 5 SEMANAS E 2 DIAS, MINHA VESÍCULA VITELÍNICA TINHA 1,6mm DE DIÂMETRO, DEVERIA TER NO MÍNIMO 2,4mm (e no máximo 4mm).
COM 8 SEMANAS E 2 DIAS, MINHA VESÍCULA VITELÍNICA TINHA 7,0mm DE DIÂMETRO, DEVERIA TER NO MÁXIMO 6,4mm.
CALCULANDO O VOLUME DA MINHA VESÍCULA VITELINA (VV):
VOLUME = 4 x 3,14 x (0,35)3 / 3 = 0,18cm3
A MINHA DEVERIA TER NO MÁXIMO 0,15 cm3 ATÉ O FIM DA 8ª SEMANA!!! LEMBRANDO QUE A MÉDIA É 0,08 cm3(vejam tabela).
SITUAÇÃO: PÉSSIMO PROGNÓSTICO, COM INDICAÇÃO DE ANOMALIA GENÉTICA.
...E NINGUÉM ME ALERTOU!


2 comentários:

  1. Olá Renata... gostei muito do blog, vou te acompanhar nesta caminhada... Obrigada por tudo... Mari (BBC)

    ResponderExcluir
  2. Olá, querida! Ótimas notícias suas lá no BCB!!! Uhuuu!!! Vamos ter babies juntas sim!!! O Universo vai conspirar! Sou do RJ sim... Vamos no futuro marcar um encontro de barrigudas? rsrs

    Bom ter vc como companheira nessa estrada, espero de coração que a gente seja vitoriosa... Quero publicar aqui muitos casos de sucesso. Sei q muitas não comentam no blog, mas o número de visualizações é incrível, então com certeza estamos ajudando à algumas pessoas!

    Beijos e vamos manter contato!

    ResponderExcluir